web templates free download

Dicas & Receitas

O T-bone Açougues apresenta dicas e receitas para que o seu prato fique divino.

6 Dicas para o seu churrasco

Assim como acontece com qualquer outra refeição, o churrasco deve ser muito bem planejado antes de ser executado. Isso significa pensar em todos os detalhes que serão necessários para que ele seja um verdadeiro sucesso.


Um detalhe muito importante do seu planejamento ao fazer um churrasco é o momento de acender o carvão. Para que ele esteja pronto para grelhar suas carnes é preciso de, no mínimo, uma hora de contato dele com o fogo. Quando o carvão ganhar uma coloração branca – ou cinza clara – é sinal de que a brasa está pronta para receber a carne. Não se esqueça de que, depois disso, a sua carne também pode levar mais uma hora para chegar ao ponto ideal de consumo.

Um bom acompanhamento de churrasco não deve disputar com o sabor da carne, como também não deve se sobrepor a ela. Ele precisa ser o complemento perfeito para aquele alimento específico.


O carboidrato nunca deve faltar em um churrasco. Por esse motivo, as carnes sempre são servidas acompanhadas de farinha, farofa, arroz, pães e batatas. As batatas, especificamente, são consideradas o acompanhamento perfeito da carne, especialmente se você opta por assá-las na grelha, embrulhadas em papel alumínio por 30 minutos.


A salada de folhas também é um excelente acompanhamento para suas carnes. Escolha folhas com sabor mais forte e picante, como o agrião e a rúcula, e evite montar pratos com maionese ou outros ingredientes muito gordurosos. Lembre-se que as carnes têm um teor mais alto de gordura e, por isso, demandam complementos mais leves.

Ao fazer um churrasco, você pode escolher servir suas carnes acompanhadas de molhos específicos para esses alimentos. Um clássico é o vinagrete, que deixa a carne mais saborosa e picante, mas você também pode escolher servir um saboroso molho de chimichurri.


Para prepará-lo, basta picar dois maços de salsinha e uma cabeça de alho e adicionar orégano, duas colheres de sopa de molho de tomate, azeite, sal e pimenta à gosto. Depois de reservar a mistura por uma hora, ela está pronta!

O sal grosso é o principal tempero utilizado nos churrascos brasileiros – e você provavelmente sabe disso muito bem. Entretanto, é possível ousar um pouco mais e explorar outros temperos que, combinados com o sal grosso, podem dar muito certo nas suas carnes.


Nas peças de fraldinha, por exemplo, o sal pode ser combinado com o tomilho, com azeite de oliva ou até mesmo com a manteiga para deixa-la mais saborosa. É importante sempre se lembrar de colocar o sal primeiro na carne, esperar um tempo para que ele seja absorvido, para depois acrescentar os outros ingredientes.



Pode ser interessante também misturar o sal grosso com um pouco de ervas secas – como sal de aipo, alho e ervas – para dar mais sabor à sua carne. Lembre-se somente que é preciso ter um pouquinho de atenção na hora de salgar as peças ao fazer um churrasco: adicionar o sal somente no momento de grelhar as carnes (para não perder a suculência) e evitar o excesso de sal em carnes já fatiadas (já que elas absorvem o conteúdo mais facilmente).

Saber calcular um volume médio de carne na hora de fazer as suas compras, é importantissímo para evitar o desperdício.


Recomenda-se, geralmente, cerca de 400g de carne por pessoa. Por exemplo: um churrasco para 10 pessoas deverá preparar cerca de 4 kg de carne (preferencialmente dois tipos de entrada e dois tipos de peças maiores).


Você pode dividir esses 4 kg em: 1 kg de picanha, 1 kg de fraldinha, 1 kg de frango e 1 kg de linguiça. Dessa maneira, sua lista de compras está pronta!



Um bom churrasco conta com as carnes certas para esse tipo de preparo. Garanta que na sua lista de compras não falte pelo menos um dos tipos de carne abaixo:


Picanha; Maminha; Fraldinha; Frango; Miolo de alcatra; Contrafilé; Costela de boi; Linguiça.